Sabrina Sóler, Farmácia, Suíça
 
Com o Erasmus consegui ir muito para além das minhas expectativas, aprendendo a fazer coisas na prática do estágio que de outra maneira teria que ficar na teoria (A preparação de citostáticos na câmara de fluxo laminar, por exemplo). Aconselho vivamente esta experiência, porque para além de nos fortalecer como ser humano, fica muito bem no Currículo Vitae.”
 
 
Juliana Leal, Fisioterapia, Santander-Espanha
 
A experiência de fazer ERASMUS para Santander foi sem dúvida das melhores experiências já alguma vez vivenciadas. A cidade é lindíssima, as pessoas são muito simpáticas e acolhedoras. Os estágios que efetuei foram uma mais valia para a minha aprendizagem neste percurso. Tive bons colegas de trabalho e orientadores que nos mantiveram sempre a par de todos os casos de fisioterapia. Aconselho a fazerem ERASMUS, vimos com mais responsabilidade, cultura, aprendizagem e muito bem preparados para o mundo do trabalho. E claro não esquecendo de que me diverti muito!
Desde já um muito obrigada a mobilidade ISAVE que esteve sempre em contacto conosco e pela a ajuda prestada.”
 
 
Joana Aguiar, Terapia Ocupacional, Talavera-Espanha
 
Bem, a minha experiência de Erasmus antes de uma grande experiência profissional foi sobretudo uma grande experiência e vivência pessoal. Por entre muitas e muitas pessoas, tanto no estágio como em casa, foram tantas as que conheci como as que me marcaram!
Se pudesse estaria lá outra vez, para reviver tudo, desde as comidas, às diferentes maneiras de viver, às diferenças maneiras de pensar e de ser.
Ganhei em Espanha duas novas famílias e uma nova casa.
Ainda hoje é tão bom saber das novidades e saber que todo o empenho e dedicação com os Estudos de Caso, estão a dar frutos.
Obrigada a todos os que de uma forma ou de outra, contribuíram para esta grande e eterna aventura!
 
 
Doutora Elsa Soares, Terapia da Fala e Doutora Patrícia Graça, Terapia Ocupacional, Toledo/Talavera-Espanha
 
Foi sem dúvida uma experiência enriquecedora que permitiu ter contacto com a realidade terapêutica da comunidade autónoma de Castilla La Mancha. Destaca-se o contacto com os diversos profissionais e a possibilidade de visitar estruturas de referência  como o "Hospital Nacional de Parapléjicos" onde foi também possível perceber as investigações que estão a ser desenvolvidas e que podem ter um grande impacto na reabilitação dos clientes.
Refere-se de forma igualmente importante o contacto com os estudantes e os docentes da Universidade De Castilla La Mancha, a troca de conhecimentos, de experiências e o crescimento mútuo que daqui adveio, bem como a possibilidade de estabelecer parcerias posteriores.
Desta visita resultou ainda o convite, já aceite, dirigido à Terapeuta da Fala para a participação no comité de revisão da Revista de Investigación en Logopedia.
 
 
Pedro Dias, Radiologia, Florença-Itália
 
Este texto não é mais que um testemunho da minha experiência Erasmus. Sou o Pedro Miguel Freitas Dias, aluno da licenciatura de Radiologia do Isave- Instituto Superior De Saúde Do Alto Ave. A minha mobilidade começou no dia 20 de janeiro de 2014 e terminou no dia 23 de abril do mesmo ano, decorreu na cidade de Florença Itália, o estagio decorreu na Azenda Ospitaleira Universitária de Careggi no polo do Centro de Traumatologia Ortopédico Neurológico e Oncológico, onde o acolhimento foi excelente. Foram três meses completamente extraordinários, outro país, outras culturas, novas amizades, outras gentes, digamos que uma nova vida, longe da família, dos amigos, durante estes três meses pude descobrir uma outra mitologia de vida, aprender outras formas de execução de exames, lidar com doenças que até hoje não tinha enfrentado, Para trás ficam grandes e boas recordações, amigos que não sabemos se algum dia tornamos a ver mas que nos ficaram marcados, este programa de mobilidade torna-nos mais autónomos, capazes de lidar com outro estímulo situações que ate antes pareciam obstáculos, faz-nos ver que o mundo do trabalho na nossa área, é muito similar entre os dois países. É uma porta aberta para contatos e possível integração no estrangeiro caso queiramos imigrar. Deixo o meu muito obrigado pela oportunidade que me foi dada.
 
 
Espanha-Jaen, José Félix e Sérgio Vasquéz, Enfermagem
 
"Durante estos meses en Portugal, hemos podido disfrutar de sus gentes, de su gastronomía y de sus múltiples bondades que nos han dejado ganas de volver. En nuestra profesión, la enfermería, el factor humano es fundamental para ser un buen profesional, y de esto hemos podido sacar muchas conclusiones, cabalgando entre dos frentes: Por un lado el aprender conceptos, técnicas y procesos relacionados con la enfermería, lo que nos ha ayudado bastante a forjarnos nuestra propia identidad profesional. Por el otro lado, disfrutar de las regiones del país, desde las terrazas de Porto, hasta las callejuelas nocturnas de Lisboa, pasando por los recovecos de Povoa de Lanhoso y sus platos típicos como “las papas”, “as francesinhas”, o el “bacalao ao brás”.
Desde luego, y sin lugar a dudas, hemos aprendido, reído, disfrutado y generado una conciencia de mundo global e interconectado que nos ha ayudado a nuestro proceso de maduración personal y profesional. Humildemente se lo recomendamos a todos los estudiantes que, inmersos en sus estudios, se planteen si compensa hacer un Erasmus, y elegir ISAVE.
Así pues, nuestra experiencia en Portugal se podría resumir en cinco letras:
Internacionalización de conocimientos y desarrollo personal y profesional
Sabiduría obtenida en el proceso de intercambio cultural y de experiencias
Avanzar hacia un futuro global donde no hay fronteras entre países
Volver al lugar de partida, para contraponer realidades
Experiencias inolvidables"
 
 
Itália-Verona, Tobia Zantedeschi, Enfermagem
 
Acho que depois a experiencia Erasmus os limites de uma pessoa nunca mais vao ser a nação mas o mondo!
Em Portugal tivi a possibilidade de experimentar me sozinho em diferentes situações  boas e negativas, mas enfim acho que o Portugal è uma dos nações melhores para esto tipo de experiencia: muitas boas pessoas, muita preparaçao em enfermagem, muitas festas e tambèm muito barato.