Informações Geraispos graduacao cuidados continuados e paliativos

 

Coordenação:

Professora Doutora Lígia Monterroso 


Duração normal do curso: 1 semestre (6 meses)

Horário: 6ª feira das 19h às 23h e Sábados todo o dia.

Ocasionalmente, o horário pode sofrer alterações. 

Data de início: outubro 2019

Candidatura: 35€

Matrícula: 80€ (Seguro Escolar incluído)

 

Propinas:

Ex - estudantes do ISAVE e Orientadores de estágio do ISAVE: 160 Euros (x 6 meses)

Profissionais: 180 Euros (x 6 meses)

O curso de pós graduação está organizado segundo o sistema europeu de créditos = 30 ECTS ( European Credit Transfer System )

 

Destinatários: Técnicos superiores nas áreas da saúde, do social, da educação e da psicologia.

 

Local de funcionamento: Instituto Superior de Saúde - ISAVE

Morada: Rua Castelo de Almourol, n.º 13, Apartado 49,  4720-155 Amares

Telefone: 253.639.800

Fax: 253.639.801

Internet: www.isave.pt

Contacto:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

VAGAS: Numero mínimo 20 estudantes

 


Fase de Candidaturas:

1ª Fase: 22 de abril a 21 de junho de 2019

2ª Fase: 1 de julho a 13 de setembro de 2019

 


Documentação para Candidatura:

 - 2 fotografias tipo passe

- Boletim de inscrições devidamente preenchido (Download)

- Certificado de habilitações académicas

- Curriculum vitae atualizado

- Comprovativo de transferência -  IBAN: PT50 0045 1010 4017 9981 1672 8

 

Processo de Seleção: 

 A seleção será efetuada através da análise curricular dos diferentes candidatos e atendendo aos critérios de seleção definidos.

 

Critérios de seleção:

- Nota final de conclusão de curso;

 - Grau académico;

 - Análise curricular;

 

 

 Descrição Sumária dos Objectivos da Pós-Graduação:

  • Formar quadros especializados face às crescentes exigências na prestação dos cuidados continuados e cuidados paliativos;
  • Promover o conhecimento e a reflexão crítica sobre situações do cuidar, no âmbito do enquadramento nacional e internacional;
  • Adquirir competências práticas fundamentais e específicas no domínio dos cuidados continuados e paliativos;
  • Contribuir para o planeamento sustentável, humanizado e para a melhoria e dos serviços prestados.

 

 

Plano de estudo 

 

Unidade curricularÁrea CentificaTipoTempo de Trabalho (Horas)Créditos
TotalContacto
Tronco Comum

 

 

 

 

 

Princípios Fundamentais dos Cuidados Continuados e Paliativos   729 Semestral 162

TP:30; OT:19 (49)

6
 Abordagem à sintomatologia: farmacológica e não farmacológica  421 Semestral  162  TP:30; OT:19 (49) 6
 Bioética Aplicada

226

Semestral

109

TP:25; OT:8 (33)

4

 Gestão e Organização de unidades de Cuidados Continuados    345 Semestral  109  TP:28; OT:6 (33) 4
 Opções:          
 Ensino Clínico: Cuidados Continuados

726

Semestral

270

Est:35; TP:35 OT:11; (81)

10

 Abordagem Biopsicossocial ao Utente e Família   310 Semestral 270 TP:23; PL:15; OT:43 (81)   10
 Ensino Clínico: Cuidados Paliativos    729 Semestral  270 Est:35; TP:35 OT:11; (81)  10

 

 

Corpo Docente

Lígia Monterroso – Possui o título de Bacharelato em Enfermagem no ano 2000 na Escola Superior de Saúde Vale do Sousa; dando continuidade à formação académica obtém o grau de Licenciatura em Enfermagem no ano 2001; no ano 2003 conclui a Pós-Graduação em Gestão de Unidades de Saúde e a Pós-Graduação em Marketing Aplicado á Saúde, na Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU); em 2006 faz o Curso de Pós-Licenciatura de Especialização em Enfermagem em Enfermagem Comunitária, na Escola Superior de Saúde Vale do Sousa; em 2008 obtém o grau de Mestre em Filosofia área de especialização da Bioética, pela Universidade Católica Portuguesa polo de Braga; em 2015 conclui o Doutoramento em Enfermagem na Universidade Católica Portuguesa no Instituto Ciências da Saúde Porto. Atualmente encontra-se a frequentar o Curso de Pós-Doutoramento em Enfermagem na Universidade Católica Portuguesa Porto.

Como experiência profissional iniciou no ano 2000 funções na ARS Norte, como enfermeira em 2008 por concurso público toma posse como enfermeira especialista na ARS Algarve, de 2009 a 2015 é coordenadora de enfermagem por nomeação na Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Vila do Bispo e faz parte da direção de enfermagem do Agrupamentos de Centros de Saúde do Barlavento. De 2015 até 2018 regressa à ARS Norte por mobilidade de interesse público, integrou o grupo de trabalho do projeto para criação da USF Tâmega que iniciou funções em janeiro de 2017. No ensino colaborou como docente, orientadora de Estágios e Supervisora de Ensinos Clínicos no Instituto Jean Piaget de Silves entre o ano 2009 – 2015. Desde 2018 que é professora coordenadora e Diretora do Curso de Licenciatura em Enfermagem, no ISAVE – Instituto Superior de Saúde.

Conceição Antunes - Licenciada em Enfermagem pela Universidade Católica Portuguesa - Braga; Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica, pela Universidade Católica Portuguesa – Braga; Mestre em Educação para a Saúde, pela Universidade do Minho, possui o Título de Especialista em Ciências de Enfermagem, prestou provas publicas na Universidade Fernando Pessoa - Porto. Como experiência profissional prestou cuidados de enfermagem no Hospital de Braga no serviço de Anestesiologia no Bloco Operatório, exerceu funções como enfermeira especialista na Clínica de Santa Tecla de Braga; esteve como auxiliar de ensino na Escola Superior de Enfermagem Calouste Glubenkian 1996-1998; colaborou como docente no ISAVE entre 2003-2012, nesta instituição foi coordenadora do CLE entre 2009-2011. Nos anos de 2012-2018, enfermeira coordenadora nas unidades de cuidados continuados de média, longa e paliativos do Polverello – Braga, acumulando a responsabilidade da formação e conselho de administração. Atualmente exerce funções de docente convidada no ISAVE, e faz acompanhamento de utente em regime de hospitalização domiciliária em cuidados paliativos.

Rui Jorge Silva - Licenciado em Biologia Aplicada pela Universidade do Minho; Doutorado em Neurociências pela Universidade do Minho; Mestre em Medicina pela Universidade do Porto; Professor Adjunto no Instituto Superior de Saúde do Alto Ave; Colaborador Externo do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar; Médico interno de MGF na USF Valbom, ACES Grande Porto II – Gondomar.

Denny Marques Rodrigues – Licenciado em Enfermagem no ano 2005 pela Escola Superior de Saúde de Leiria. Mestrado Integrado em Medicina no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar do Porto em 2014. Como experiência profissional exerce funções no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra como Médico Interno de Formação Específica em Pneumologia.

Nuno Babo –Licenciado em Enfermagem no ano 2005 pela Escola Superior de Enfermagem de D. Ana Guedes do Porto. Mestrado Integrado em Medicina pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar em 2014. Especialista em Anestesiologia. Mestrado em Oncologia pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar. Pós-graduação em Fundamentos Científicos de Anestesiologia pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. A frequentar atualmente a Pós-graduação em Medicina da Dor da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Como experiência profissional de momento exerce funções de Médico da Especialidade de Anestesiologia no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

Nuno Teles Pinto - Licenciado em Enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem São João Porto. Mestrado Integrado em Medicina Especialista em Medicina Geral e Familiar, no ano 2015 pela Universidade de Medicina do Minho - Braga. De momento exerce funções como Médico de Medicina Geral e Familiar na Unidade de Saúde Familiar de Fânzeres.

 Almerindo Domingues - Possui o título de Bacharelato em Enfermagem obtido em 1993 na Escola Superior de Enfermagem Calouste Gulbenkian de Braga. Conclui, em 2000, a especialidade em enfermagem comunitária, na Universidade Católica Portuguesa e a pós-graduação em Filosofia, na área de especialização em Bioética, em 2002, nesta mesma Faculdade. Inicia o percurso profissional em agosto de 1993 e até a junho de 2002 desenvolve a atividade profissional, na área da prestação de cuidados, no Serviço de Urgência/Observações, do Hospital de São Marcos (Braga). De julho de 2002 a setembro de 2005 desenvolve a atividade profissional, na área da gestão, como responsável do Serviço Central de Esterilização, do Hospital S. João de Deus, S.A. (Vila Nova de Famalicão). Neste período é o responsável pela implementação e avaliação de resultados do Sistema de Gestão da Qualidade, pelo referencial normativo NP EN ISO 9001:2000, no referido Serviço. Torna-se, ainda, Auditor Interno da Qualidade, em 2004 e efetua auditorias, a Sistemas de Gestão da Qualidade, a empresas fora da área da saúde. De 28 de agosto de 2008 a 31 de dezembro de 2017 desenvolve a atividade como enfermeiro especialista em enfermagem comunitária, em projetos de intervenção nesta área, na Unidade de Cuidados na Comunidade Barcelos Norte, do ACeS Cávado III Barcelos/Esposende. Em setembro de 2013 é nomeado Presidente da Comissão de Qualidade e Segurança do Doente do mencionado ACeS e assume estas funções, a tempo integral, em janeiro de 2018. Dada a relevância para o cargo realiza novamente, em maio de 2018, o curso de Qualificação de Auditores Internos da Qualidade ISO 9001:2015. Desde setembro de 2005 até à atualidade é docente do Instituto Superior de Saúde – ISAVE, como Assistente do 2º Triénio (em exclusividade até agosto de 2008). Orienta, ainda, em contexto de ensino clínico e Serviço, estudantes da licenciatura em enfermagem e mestrado em enfermagem de saúde comunitária, essencialmente do Instituto Politécnico de Viana do Castelo.

Maria José Tavares – Licenciada em Enfermagem. Especialista em Enfermagem Comunitária e saúde Pública pela Escola Superior de Enfermagem Cidade do Porto. Detentora de pós-graduação em Administração dos Serviços de Enfermagem. No exercício profissional destaca-se: Diagnóstico de Saúde no concelho de Guimarães; Contraceção na adolescência na área do Centro de Saúde de Guimarães; Alcoolismo em idade escolar; O papel do Enfermeiro no Serviço de Planeamento e Controle num Centro de Saúde. No âmbito da docência: Orientação dos estudantes do 4º. Ano de enfermagem na Unidade Curricular de Investigação Aplicada. Como Enfermeira Chefe de um Centro de Saúde (Guimarães e Vizela) e mais tarde como Enfermeiro Supervisora a nível distrital (Braga) a Gestão de serviços a nível local e Regional em parceria com outras entidades, nomeadamente na área Gerontológica, foi sempre uma grande preocupação e investimento, principalmente no que respeita a Qualidade dos Serviços de apoio a esse grupo social. Como docente tenho desenvolvido grande parte do meu trabalho na Supervisão clínica em todas as áreas formativas práticas dos alunos de enfermagem. Sou Regente da Unidade Curricular Administração em Saúde há dez anos de todos os Cursos existentes no ISAVE; Regente da Unidade Curricular de Enfermagem de Saúde da Família e Comunidade, bem como do Ensino Clinico. Ainda como docente lecionei na Universidade Católica (Braga)durante quatro anos, a Unidade Curricular de Administração e Gestão de Serviços a alunos da Pós licenciatura de Enfermagem, no Curso de Especialização em Enfermagem de Saúde Comunitária.

 Gilvan Pacheco - Doutorado em Neurociências - Faculdade de Medicina no Departamento de Física, Engenharia e Radiologia Médica – Departamento de Fisioterapia da Universidade de Salamanca – Espanha. Curso Superior de Acupunctura e Fitoterapia Tradicional Chinesa. - Instituto Português de Medicina Tradicional Chinesa e Associação Portuguesa de Acupunctura e Disciplinas Associadas – APA-DA. – Lisboa. Diploma de Estudos Avançados (D.E.A). - Faculdade de Medicina no Departamento de Biologia Celular e Patologia da Universidade de Salamanca – Espanha. (Investigação na área de Neurociências). Licenciatura em Fisioterapia. - Universidade Católica de Petrópolis – Rio de Janeiro – Brasil. Licenciatura Plena em Educação Física e Desportos. - Faculdade de Educação Física e Desportos da Universidade Federal de Juiz de Fora – Minas Gerais – Brasil. Diretor do Curso de Licenciatura em Fisioterapia do ISAVE - Instituto Superior de Saúde. Regente e docente nas unidades curriculares do Curso de Licenciatura em Fisioterapia do ISAVE. Regente e docente nas unidades curriculares do Curso de Licenciatura em Fisioterapia na Escola Superior de Saúde Jean Piaget / Nordeste. Curso de Fisioterapia Respiratória Guiada pela Auscultação Pulmonar. Estágio de 10 meses em Hospital da Beneficência Portuguesa – Fisioterapia em Unidade de Tratamento Intensivo (Adulto e Pediatria). Petrópolis – Rio de Janeiro – Brasil. Curso de Ventilação Mecânica – (Teórico-prático). Petrópolis – Rio de Janeiro – Brasil. Curso de Reabilitação do DPOC – (Teórico-prático). Petrópolis – Rio de Janeiro - Brasil

Elisabete Pinheiro - Em 1991 concluiu o Curso Geral de Enfermagem na Escola Superior de Enfermagem Calouste Gulbenkian; 1995 concluiu a Licenciatura em Enfermagem Médico-cirúrgica, na Universidade Católica Portuguesa de Braga, Faculdade de Ciências Humanas, Departamento de Ciências de Enfermagem. Em 2002 concluiu a Pós-Graduação em Gestão de Recursos Humanos, na Universidade do Minho, Escola de Gestão. Iniciou a atividade profissional como enfermeira no Hospital de Guimarães em 2 de janeiro de 1992. Em 6 de Julho de 1992 iniciou de funções no Hospital São Marcos em Braga. Em 12 maio de 1999 tomou posse como enfermeira especialista em Enfermagem Médico-cirúrgica. Em junho de 2003, tomou posse como enfermeira chefe, na Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente. Em setembro de 2012 assumiu funções como enfermeira Chefe no Serviço de Ortopedia do Hospital de Braga e desde 2017 acumula a gestão do serviço de MFR

Andrea Dias – Possui o título de Bacharelato em Enfermagem no ano 2000 na escola Superior de Saúde Vale do Sousa; dando continuidade à formação académica obtém o grau de Licenciatura em Enfermagem no ano 2001; em 2004 conclui o Curso de Pós-Graduação em Gestão e Administração Hospitalar e em 2006 faz o Curso de Pós-Licenciatura de Especialização em Enfermagem de Reabilitação.

Possui como experiência profissional 17,5 anos de exercício profissional no Centro Hospitalar Tâmega e Sousa, EPE; 2 anos no serviço de medicina; 15 anos na Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente (UCIP) e 5 meses no Grupo Coordenador Local- Programa de Prevenção e Controlo de Infeção e Resistência aos Antimicrobianos (GCL-PPCIRA). Tem colaborado em vários projetos de investigação em Enfermagem nomeadamente: janeiro de 2007: Elemento da equipa de trabalho PFR (Direitos do Doente e da sua Família) do Projeto de Acreditação pela JCI (Joint Commission International). Setembro de 2008: Elemento do grupo de trabalho do - Projeto de investigação no âmbito da carga de trabalho de Enfermagem, no sentido de comparar o NEMS (Nine Equivalents of Nursing Manpower Use Score) e o NAS (Nursing Activities Score). Janeiro de 2015: 1º Prémio na 1ª edição do Prémio (Re) Conhecimento da Qualidade / 2014, promovido pela Secção Regional Norte da Ordem dos Enfermeiros. Novembro de 2015: participação com o projeto – “Programa de Melhoria Contínua da Qualidade: “Articular e Movimentar na UCIP” no encontro da 9ª edição do Prémio de Boas Práticas em Saúde. Maio de 2018: prémio de Investigação em Enfermagem do Centro Hospitalar Tâmega e Sousa prémio “Enfermeira Arminda Mendes Costa”.

 Liliana Rodrigues - Liliana Rodrigues é Investigadora Integrada do Centro de Psicologia da Universidade do Porto (CPUP). É Doutorada em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto e Mestre em Psicologia da Justiça pela Universidade do Minho. No âmbito do seu doutoramento, Liliana Rodrigues, foi também bolseira pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), cuja tese se intitula: “Viagens Trans(Género) em Portugal e no Brasil: Uma Aproximação Psicológica Feminista Crítica”. Foi Professora Adjunta do ISAVE - Instituto Superior de Saúde e colaborou como investigadora em vários projetos de Psicologia Social e Ambiente desenvolvidos pela EsPA (Estudos em Psicologia Social e Ambiente) e pelo CIS (Centro de Investigação e Intervenção Social, ISCTE-IUL). Trabalhou também no "Estudo sobre a discriminação em função da orientação sexual e da identidade de género" financiado pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género e no projeto “Cidadania Sexual das Mulheres Lésbicas em Portugal. Experiências de Discriminação e Possibilidades de Mudança” financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia e pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género.