protocolo isave termas das taipas

O Instituto Superior de Saúde (ISAVE) e a Cooperativa Taipas Termal celebraram hoje, dia 30 de janeiro, um acordo de cooperação que cria as condições necessárias ao desenvolvimento do Curso Técnico Superior Profissional em Termalismo e Bem-estar, através da garantia de campos de estágio para os estudantes de Fisioterapia e Termalismo.

O acordo foi celebrado na sede da Cooperativa por Ricardo Castro Ribeiro e por Mafalda Duarte, respetivamente, presidentes da Taipas Termal e do ISAVE, tem a duração de um ano e permite às duas instituições a troca de experiências e o enriquecimento dos seus recursos humanos que “aproveita as potencialidades de ambas, valorizando e potenciando as especificidades de cada uma” - comentou a presidente do ISAVE.

A Taipas Termal disponibiliza os seus equipamentos e instalações para a realização de estágios, componente prática da disciplina de Técnicas e Terapias complementares, sob orientação e supervisão pedagógica do ISAVE.

De acordo com Mafalda Duarte, através deste acordo, o ISAVE vinca o seu cunho na área do Termalismo, sendo esta uma área emergente para a instituição.  

O ISAVE vai facultar “aos profissionais da Taipas Termal a participação em projetos e trabalhos de investigação conduzidos pelo Instituto Superior de Saúde”, além de disponibilizar a inscrição aos profissionais da Taipas Termal em ações de formação realizadas pelo ISAVE.

Por sua vez, a Taipas Termal permite aos profissionais do ISAVE a participação em seminários e colóquios por si organizados – dispõe o protocolo que tem a duração de um ano.